Desafios cotidianos

Tem dias em que algumas perguntas ficam martelando a cabeça e o coração e nos levam a reflexões que, normalmente, não fazemos. Pensar sobre o que nos leva adiante é um bom exemplo disso. O que será que me tira da cama todos os dias pela manhã, para além das respostas óbvias, como trabalho, escola, cuidar dos filhos? É claro que a motivação não é provocada por um único estímulo. Ocupamos novos espaços porque queremos mais que o direito básico à sobrevivência. Talvez os desafios cotidianos possam nos ajudar a responder.

Sentir-se desafiado é o que impede que fiquemos paralisados diante da vida. Tudo bem que, não saímos de casa pensando – hoje eu vou trabalhar porque estou me sentindo desafiado – Mas, é claro, que a real intenção é essa. Ganhar dinheiro, um desafio. Pagar as contas, outro desafio. Exercita-se, mais um desafio. Estes exemplos, dentre tantos outros, fazem parte do nosso dia a dia, mas, que, achamos por bem chamar por outros nomes. O que pode facilitar e amenizar o caminho até as futuras conquistas.

Nomear o que nos faz caminhar não é o mais importante, o essencial é saber que, seguir em frente, faz parte do desejo por algo novo e melhor, seja de forma consciente ou não. Essa teimosia em continuar seguindo, apesar das pedras no caminho, pode ter várias origens, mas, a maior delas, certamente, é a inquietude ancestral que nos impede de parar e aceitar a existência do impossível. Talvez seja essa energia que tenha nos trazido até aqui e que ainda nos levará a lugares inimagináveis.

Nestes dias onde viver se tornou o maior de todos os desafios, sobra pouco tempo para transformar os nossos sonhos em realidade e, assim, criar os nossos desafios particulares. Sobreviver é fundamental, mas, nada como tornar real uma ideia ou fazer acontecer aquele projeto que sempre pareceu inatingível. Esses desafios vão além do roteiro básico que nos mantém vivos. Somos muito mais do que engrenagens que precisam de água, alimento e ar para sobreviver, reproduzir e morrer. Afinal, o essencial, por vezes, não é o suficiente.

A nossa principal característica, talvez seja a capacidade de transformar sonhos em realidade. Não há sonho que não nos desafie, assim como não há realização sem tenhamos sido desafiados em algum momento. Desafios conectam o pensamento à ação, a dúvida à certeza e o desejo à realização. Reparem no movimento que essas palavras trazem ao serem lidas. Assim é com a vida. Entre a intenção e conquista é preciso compreender que, independente de toda e qualquer dificuldade, necessitamos de um único estímulo que nos leve aonde sonhamos chegar. Nada é mais desafiador do que ser grato por todas as conquistas que nasceram de uma ousadia chamada desafio.

2 comentários em “Desafios cotidianos”

  1. Tanta coisa pra mim é desafio que eu vivo traçando prioridades e fazendo checklist pra decidir “quem” pula pra caixa da prioridade. kkkkkkkkkkkkkkkk
    Mas acho que meu maior desafio ultimamente tem sido conhecer e reconhecer minhas reais habilidades e vontades. Ah, e deixar isso fluir sem me importar com o ruido lá fora, outro desafio enorme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *